Inspetoria Salesiana do Nordeste do Brasil

mundial Bicentenário
Página Inicial > Pastoral Juvenil >Animação cjc

CJC

Surge uma sigla

A sigla CJC, significa Comunidade de Jovens Cristãos. É um Movimento formando por comunidades de jovens. Este movimento nasceu no ano de 1966, na cidade de Carpina-PE. O idealizador deste movimento de jovens foi o Padre Salesiano Genário Augusto de Melo. Naquele ano ele era Pároco da Paróquia São José, única existente na cidade. Dedica-se com zelo de pastor aos trabalhos paroquiais. Particularmente dedicou-se com especial carinho aos jovens. Contatou logo no início do seu pastoreio paroquial uma situação desafiadora: a dispersão e desagregação da juventude. Não se sentia uma presença significativa dos jovens na igreja.

Começa, então, o P. Genário a pensar um projeto de pastoral para os jovens. Estabelece aquele ano como um ano dedicado aos jovens.

Enquanto o tempo ia passando, ele ia arquitetando na sua mente fértil um sonho. Pensava no seu silêncio, o que e como fazer.

Surge no caminho uma oportunidade. No dia 20 de janeiro de 1966, por ocasião da festa de São Sebastião, jovem destemido e corajoso, o P. Genário anuncia feliz, de público, alto e bom som, pela 1ª vez, o seu sonho: Fundar um Movimento de Jovens na cidade de Carpina-PE.

O dia 17 de abril é considerado por todos que fazem o CJC o dia da fundação do Movimento. Foi nesse dia que o Padre Genário, depois da missa com a comunidade paroquial, convocou os jovens para iniciar esse novo caminho. Expõe a sua proposta. Vários jovens aderem. As reuniões dominicais se sucedem com regularidade. O número de integrantes cresce.

O Movimento no seu caminhar, recebe um nome: “Comunidade de Jovens Cristãos do Nordeste”, sintetizado com a sigla “CJC”.

Estrutura

Aos poucos, o Movimento vai se estruturando e se organizando. Os seus três encontros básicos de formação são:

  • TIC – Treinamento de Integração Comunitária;
  • TOA – Treinamento de Oração e Ação;
  • TVC – Treinamento de Vivência Cristã.

Esses treinamentos são oferecidos aos jovens em linha crescente. A preocupação é dar um embasamento cristão aos jovens.

Tem início a experiência alternativa dos chamados Encontros estaduais nos anos pares e dos Encontros Gerais ou Congressos nos anos ímpares. Até agora o CJC já realizou 20 encontros gerais. Está este ano se preparando para realizar em janeiro de 2011, o seu vigésimo primeiro congresso geral. As normas diretivas foram sendo escritas ao longo dos anos.

Os seus objetivos são:
1º) Unir os jovens. Incentivar o espírito e o estilo comunitário visando uma maior presença juvenil na Igreja.
2°) Favorecer o processo de formação humana e cristã dos jovens;
3º) Assumir como ideal de vida a Espiritualidade Juvenil Salesiana;
4º) Engajar-se como jovens cristãos na pastoral da Igreja e na transformação da sociedade.

O Movimento CJC se espalha pelos estados do Nordeste do Brasil. Ultimamente, chegou ao estado de Minas Gerais. Ao longo desta história, vários grupos nasceram e se filiaram ao CJC. Nomes como “Frente Juvenil”, “Jovem Guarda”, “Atuantes”, “Combatentes”, etc, não são desconhecidos na história de Carpina.

O salão paroquial torna-se “ponto de encontro’ para os jovens. Era aberto aos jovens. Ali eles se reúnem, jogam, brincam, conversam, estudam, refletem, trocam idéias, cantam, tocam, programam, rezam. Ali reina uma espontânea alegria. Ali vive-se um clima de franca amizade.

“O Vanguarda”

Não demorou muito a surgir um Jornal Mural dos Jovens. Tinha um nome expressivo: “O Vanguarda”. Notícias, brincadeiras, poesias, piadas, reflexões encontram ali o seu espaço tudo isso alimentava o ideal sonhado: unir os jovens, incutir neles o espírito de convivência amiga e de amizade sincera. Com este Movimento envolvendo os jovens, foi iniciada na Paróquia a “Missa da Juventude”. Atrás do salão paroquial foi construída uma quadra de futebol de salão. Era esse mais um espaço onde os jovens se encontravam e brincavam animadamente. O Movimento se espalhava pelo Nordeste.

P. Genário: Morte repentina

O Padre Genário, fundador do CJC, identificava-se com o Movimento por ele fundado. Caminha com ele dando-lhe vida, organização, sentido, durante 25 anos. Dedicou sua vida aos jovens comunitários cristãos com muita capacidade de doação... até o último suspiro. Morreu derepente, na madrugada do dia 06 de junho de 1991, quando se preparava para comemorar alegre os 25 anos do Movimento. Morre o “Profeta da Juventude”, como foi chamado pelos jovens:

“É o Profeta da juventude no outro mundo acordou”, cantou um jovem poeta comunitário. Morre um sonhador. Tomba na história um idealizador. Mas, a idéia não morre. O sonho continua vivo.

Atualmente, o Movimento CJC está presente nos seguintes estados da federação: Rio Grande do Norte, Pernambuco, Alagoas, Bahia e Minas Gerais e conta com 55 comunidades de jovens.

No Movimento contamos ainda com a presença de crianças, pré-adolescentes e adolescentes. Esses formam o chamado CJC-Mirim e são 16 comunidades. Um fruto atualmente positivo é a presença de sacerdotes saídos das fileiras do CJC. São aproximadamente vinte e seis sacerdotes atualmente existentes que participaram, quando adolescentes, do Movimento CJC.
Deus seja louvado.

Para entrar em contato com o atual orientador do movimento:

Pe. Gilvan Galdino, sdb
Tel.: (81) 2129.4500
E-mail:gilvan.edb@salesianosrec.org.br
Inspetoria Salesiana do Nordeste do Brasil Rua Estado de Israel, 386 - Ilha do Leite - Recife/PE Fone: (81) 2102.0800